POETISA TONHA MOTA

sábado, 9 de setembro de 2017

NÃO SE TIRA DA CABEÇA O QUE ESTÁ NO CORAÇÃO

Não se tira da cabeça o que está no coração.
Um amor mau resolvido,
Do pensamento não sai
Vivo nesse vai não vai,
Pensei que tinha esquecido.
Aquele amor proibido, 
Causador dessa paixão;
Eu senti essa emoção,
Não me peça que eu esqueça
Não se tira da cabeça ,
O que está no coração.

Desejo uma solução,
Pra sair do sofrimento
Com alguém no pensamento
E vivendo na solidão
sentindo essa paixão
Caminhando em passos lento
 assim vivo um tormento
Com medo que alguém padeça,
Não setira da cabeça,
Oque está no coração.

Tonha Mota

sábado, 4 de março de 2017

AMIGO

             AMIGO
Amigo é pra se guardar,
Do lado esquerdo do peito
Compartilho o bem feito
Amigo é para escutar
Se um dia precisar
Da nossa compreensão
Um amigo é um irmão
Não se esqueça de abraçar
Se puder vá visitar
Amizade é afeição.

Pergunte se tá faltando,
Da sua parte atenção
Desgostou peça perdão
Se tiver lhe magoando
Não queira ver-lo chorando
Porque ninguém é perfeito
Estamos sempre sujeito
Por isso estou lembrando
Assim eu vou preservando
E  meu e é seu direito.

Um amigo da afeição,
Não merece falsidade
Melhor a sinceridade
Eu cheguei à conclusão
E a melhor opção
Resguarda-lo do perigo
Evitando o castigo
De uma decepção
É guarda-lo com carinho,
Dentro do meu coração.
                   
Tonha Mota

Natal 20 /02/2017.

sábado, 26 de novembro de 2016

Cada dia cresce mais,
Aumentando meu sofrer
De tanto que me maltrata
Atormenta meu viver
Pois essa saudade ingrata,
É quem me faz padecer.

Eu vivo assim desse jeito,
Sem saber o que fazer
Não sei porque não aceito,
Esse meu jeito de ser
Eu mo e não admito,
Sem amor não sei viver.

Poeta Filipe Borges declamando seus versos

domingo, 30 de outubro de 2016

SAUDADE

 Ó... saudade minha!...
Tu és tão minha, que já me conhece,
E quem mais padece, é meu coração,
Que já não aguenta, está pela boca,
Oh saudade louca tem de compaixão!...

A saudade é tanta, que se agiganta,
Dá nó na garganta, faz até chorar,
E essa saudade que chega e invade
És muito covarde não quer me deixar.

Ó.saudade insana!...
Ingrata, profana,
Lembra-me tudo, o que já passou,
Que o tempo levou, nem quero lembrar

Já que tu insistes
Não tens dó de mim...
Teu nome é saudade, saudade sem fim.
Tonha Mota

sábado, 29 de outubro de 2016

DESILUSÃO

DESILUSÃO


FAZ MUITO TEMPO QUE VOCÊ NÃO ME ABRAÇA,
FAZ MUITO TEMO QUE EU NÃO SINTO O SEU CALOR
EU VOU VIVENDO ESSA VIDA ASSIM SEM GRAÇA,
O QUE IMBAÇA É PENSAR QUE AINDA EXISTE AMOR.

SINTO SAUDADE DAQUELA NOSSA PAIXÃO
MEU CORAÇÃO SOFRE PELO SEU AMOR
SINTO VONTADE DE PEGAR NA SUA MÃO
ESTOU SOFRENDO SENTINDO SEU DESAMOR.

É MUITO TRISTE VER NOSSA SEPARAÇÃO
O NOSSO AMOR PARECIA NÃO TER FIM
ENGANEI-ME, MAS CHEGUEI A CONCLUSÃO,
EU VOU SOFRER, MAS VAI SER MELHOR ASSIM.
      
TONHA MOTA  

domingo, 5 de junho de 2016

OUTONO EM MIM....

Para  que me serve um sonho guardado,
Pois eu já sei que vai chegar o fim
Parece que tudo foi bem planejado,
Foi sacrificado aqui dentro de mim...

Murchou a rosa desse meu jardim,
Reguei com as lágrimas,para colher flores
Pranteei as dores, nasceram jasmim....

Mas o que fazer com uma flor tão bela?
De cor  amarela igual ao sol,
Qual lindo arrebol, só lembrança restou

Eis que chegou o frio, outono,
As flores caídas, o jardim sem dono
Já foi terra fértil no tempo passado,
Não foi mais regado,e nesse abandono a rosa secou.

Tonha Mota
Natal, 28/05/2016.